9 de fev de 2009

Osmar Santos - Narrador Esportivo

Osmar Santos teve uma participação importante como locutor dos comícios da campanha política de 1984 pelas Diretas Já!. Bastante popular, recebeu proposta para candidatar-se a cargos políticos, mas não aceitou.Sempre muito criativo, inovou também quando passou a narrar jogos pela TV Record. Em alguns momentos a câmera o mostrava na cabine e ele falava diretamente com o telespectador. Também criou bordões que foram tão bem aceitos pelo público, que ecoavam pelos estádios, como o famoso "Parou por quê, por que parou?". Entre suas expressões inesquecíveis, estão: Ripa na chulipa e pimba na gorduchinha, "Um prá lá, dois prá cá, é fogo no boné do guarda", "Sai daí que o Jacaré te abraça, garotinho", "No carocinho do abacate" "ai garotinho" e uma das narrações de gol mais marcante do rádio brasileiro "E que GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL". Também foi Osmar Santos quem criou a expressão "Animal", que melhor representou o jogador Edmundo, terminando por se tornar a sua marca registrada.Seu irmão Oscar Ulisses comanda a equipe de esportes da Rádio Globo. Seu outro irmão Odinei Edson narra a Fórmula 1 para a Rádio Bandeirantes. Na Bandeirantes trabalha também o seu primo Ulisses Costa. Em 1994 sofreu um grave acidente de carro que lhe produziu graves seqüelas devido aos danos cerebrais que sofreu. Após uma grande recuperação, pode recuperar várias funções, porém sua fala ficou comprometida, sendo capaz de pronunciar menos de cem palavras, inpedindo-lhe de continuar trabalhando como narrador. Hoje se dedica à pintura, e seus trabalhos se encontram em importantes coleções particulares em todo Brasil e no Exterior.Em sua homenagem foi criado o Troféu Osmar Santos, concedido cada ano à equipe que termina o primeiro turno do Campeonato Brasileiro de Futebol no primeiro lugar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário